Bem-estar e proteção

O Coronavírus explicado às crianças

O que dizer às crianças sobre o Coronavírus e como? Informações e conselhos para os pais sobre como abordar o tema do novo Coronavírus aos mais pequenos.

covid19

O que dizer às crianças sobre o vírus e como, agora que as escolas estão fechadas e a rotina do quotidiano mudou. Primeira regra: evitar transmitir-lhes ansiedade com as suas palavras e comportamentos.

Coronavírus e as crianças: transmitir confiança

Antes de introduzir o tema do Coronavírus, é importante que os pais (e adultos em geral) estejam devidamente informados pelas fontes corretas de informação corretas – no caso a DGS ou a OMS. É importante falar com as crianças de forma tranquila e direta, mostrando a realidade mas sem alarmismos. Seja sincero mas adeque o discurso à criança e procure compreender se, no fim da conversa, a criança ficou tranquila – e não assustada. 

Quando falar com as crianças?

A melhor altura do dia para falar com os seus filhos sobre o tema é de manhã. Isto porque é natural que o tema os deixe um pouco assustados e, ao falar de manhã, dá-lhes tempo para assimilarem o assunto ao longo do dia, pensando sobre isso e, possivelmente, fazendo-lhe mais perguntas. 

Não é preciso ter medo, mas é preciso ter cuidado

Comece por explicar que não é preciso ter medo deste vírus, mas é importante ter cuidado e seguir todas as indicações dos médicos e profissionais de saúde. E são apenas alguns gestos simples:

  • Lavar as mãos frequentemente e bem, sempre com sabão e água. Não só todas as vezes que for à casa-de-banho, mas também sempre que espirrar ou tossir. Explique às crianças como fazê-lo: pode recorrer a vídeos adequados a crianças. Não se esqueça de demonstrar também quanto tempo deve durar a lavagem das mãos: uma ideia fácil é cantar os “Parabéns” duas vezes. E que criança não adora cantar os “Parabéns”?
  • Ficar em casa: para evitar que mais pessoas fiquem doentes, esta é a regra mais importante. E é também um enorme desafio, pois é preciso entreter as crianças nesta nova rotina. Por isso deixamos-lhe alguns desenhos para colorir no nosso site faça aqui o donwload.

Alerta Coronavírus: não deixe as crianças verem notícias

É importante evitar a exposição das crianças às notícias, evitando a superexposição e o controlo excessivo da situação. Mantenha-se calmo e informado: as crianças agem de acordo com as reacções dos pais. Lembre-se que os nossos filhos são como esponjas: absorvem o que vêem e as notícias podem parecer (e ser), por vezes, assustadoras para eles.

Encontre tempo para conversar sobre isto e preste atenção a qualquer evento

Tente encontrar tempo e tranquilidade para estar com os seus filhos e poder conversar sobre a situação em paz. Ouça todas as suas perguntas – mesmo que repetitivas e contraditórias – e responda com sinceridade. Evite dar muitos detalhes que possam ser preocupantes. Aceite os seus possíveis medos, mesmo que lhe pareçam excessivos: o importante é estar presente e transmitir-lhes estabilidade. Preste também atenção a possíveis manifestações de medos ou ansiedades, reações psicossomáticas ou mudanças de comportamento. Nos mais pequenos podem verificar-se algumas “regressões” como pedir para dormir com os pais ou agirem de modo a ser o centro das atenções (em vez “desse vírus” de que todos falam).

A rotina diária das crianças é importante

Tente manter a sua rotina diária o mais normal possível. Se as crianças estiverem em idade escolar, tente que as horas da manhã sejam dedicadas aos trabalhos, e a tarde a brincar. Mantenha os horários e hábitos que tenham às refeições – irá transmitir-lhes alguma normalidade.

Desenhar ou realizar pequenas atividades artesanais é importante (veja algumas aqui) para continuar a estimular a criatividade e pode sempre partilhar com os avós e tios enviando fotografias. Manter o contacto com a família e outros entes queridos é importante e possível graças à tecnologia!

Se possível, ofereça atividades ao ar livre (no seu próprio jardim ou varanda) e momentos alternativos de brincadeira organizada e incentive-os também a brincarem sozinhos.

Procure retirar o lado mais positivo desta situação: ficar com a família e redescobrir a beleza de ter tempo disponível para partilhar com os seus filhos. É certamente um desafio – sobretudo se for o caso de se manter em teletrabalho – mas uma atitude positiva ajudará a desencadear um ciclo positivo na vida familiar e aumentará a resiliência de todos.

 

Também lhe pode interessar

Aerossol Sapo a Pistão

€ 84,99

Balões Coloridos

€ 12,99

Comboio dos Animais

€ 39,99

Sobre o mesmo tema

Publicação

Publicação

Publicação