Gravidez

Cesariana: Tudo o que precisa de saber.

A cesariana tem-se tornado cada vez mais popular. Descubra mais sobre este procedimento com os conselhos dos especialistas do Observatório Chicco.

parto-cesareo

 

Razões e conselhos para tomar a decisão

Em Itália, a Cesariana tem-se tornado cada vez mais popular. As diretrizes do Instituto Nacional de Saúde Italiano enfatizam que, na ausência de contraindicações, o parto natural é aconselhado. O que fazer quando o trabalho de parto estive perto? Em primeiro lugar, pedir ao médico toda a informação necessária sobre as diferentes opções e respetivas razões, para a guiarem nesta escolha.

O que é uma cesariana?

É um procedimento cirúrgico que permite o nascimento do bebé através de uma incisão feita na parede abdominal e no útero da mãe. Com o objetivo de facilitar o nascimento, a incisão é feita na parte inferior do abdómen e pode ser alongada verticalmente (ao longo da linha central do abdómen) ou transversalmente, por cima da zona púbica.

Como e quando é feita?

A cesariana pode ser necessária em certas condições médicas. Por exemplo, quando o feto ainda está na posição pélvica, no final da gravidez. Ou no caso de placenta prévia, isto é, quando a placenta impede que o feto passe para o canal de nascimento. Ou quando a mãe é diabética e a o peso do bebé é menor que 4-5 kg.   

Cesariana programada: a quantas semanas pode ser feita?

A data do procedimento é agendado, juntamente com o ginecologista e de acordo com a mãe, algumas semanas antes do final natural da gravidez.

De um modo geral, uma cesariana programada ocorre por volta da semana 38 da gravidez, quando o feto está formado, e pode lidar com o parto sem problemas. É realizada algumas semanas antes do final natural da gravidez para evitar o trabalho de parto espontâneo.

Após o parto: recuperação

A recuperação é como a de qualquer outro tipo de cirurgia. Normalmente, a recém mãe é aconselhada a levantar-se, dar um passeio pelo quarto, sentar-se na poltrona, logo no dia a seguir ao nascimento do bebé e, na maioria dos casos, pode voltar para casa dois ou tês dias depois. Os pontos serão extraídos (ou absorvidos) dentro de duas semanas e todas as recém mamãs dizem que se sentiram muito melhor depois de retirarem os pontos (podem estar um pouco apertados e a incomodar). 

Parto natural após cesariana

Na ausência de outras contraindicações médicas, uma futura mãe pode dar à luz naturalmente, mesmo depois de ter feito uma cesariana no passado. O termo técnico usado é VBAC, que significa Parto vaginal após cesariana '. Vários estudos mostram que 60 a 80% das mulheres que já foram submetidas à cesariana podem ter um parto natural com sucesso.

Sobre o mesmo assunto

TEMPO DE ENTREGA
Entrega em 3 dias úteis e em 40% dos casos em 1 dia!
SATISFEITO OU REEMBOLSO
Portes grátis a partir de 30€. Se não estiver satisfeito, é realmente fácil fazer a devolução.
RECOMENDADO
95% dos clientes recomendariam comprar na Loja Online.