À mesa

Desmame e autonomia do bebé

De um ponto de vista psicológico, o desmame é o primeiro momento importante de separação parcial da mãe e portanto da autonomia da figura materna. Veja as nossas sugestões para guiar o bebé até à conquista da independência, começando pelo comportamento à mesa.

rumo-a-autonomia-chicco-observatorio

O desmame representa um processo delicado, não só de um ponto de vista nutricional, mas também e sobretudo em relação ao desenvolvimento da autonomia do bebé. É importante que o encantador processo de consciencialização seja acompanhado pelos adultos, onde a criança se vai descobrir e sentir, dia após dia, mais autónoma e independente.

Respeite os tempos e o ritmo

Acima de tudo respeite os tempos e o ritmo do bebé, favorecendo calmamente este passo delicado. Não deve exagerar nem impor, deverá ser a criança a manifestar os primeiros sinais de abertura à mudança, distraindo-se durante o aleitamento e mostrando curiosidade quanto ao que os pais e os irmãos estão a comer.

Evite qualquer imposição

Os alimentos têm de ser introduzidos sem imposições, de forma gradual. Apesar da curiosidade normal das crianças é comum a desconfiança quanto a alimentos novos, e qualquer exagero pode levar a uma rejeição que se poderá manter no futuro.

À mesa com um sorriso

A hora da refeição não deve ser acompanhada por ansiedade e tensão. Os alimentos não devem ser utilizados como prémio ou castigo, porque a relação positiva das crianças com a comida, que a irá acompanhar até a idade adulta, é influenciada pela atitude dos pais.

Também lhe pode interessar

Sobre o mesmo tema

Publicação

Publicação

Publicação