Comunicação mãe-bebé: a importância dos mimos

O tacto é um dos sentidos mais importantes que se desenvolve logo na fase embrionária. Os mimos e as carícias representam portanto o primeiro meio de comunicação entre a mãe e o bebé, fortalecendo assim os laços afetivos.

Mimos para comunicar

Durante os primeiros meses de vida, graças à exploração tátil do próprio corpo e, sobretudo, graças às carícias e ao contacto quotidiano com a mãe, o bebé começa a ter consciência da realidade do seu corpo.

Além da importância que tem como ferramenta de perceção física, o tato desempenha ainda um papel importante na esfera das relações afetivas.

 

 

 

 

 

 

A importância do tacto na ligação entre mãe e filho

A capacidade da pele do bebé de sentir os estímulos sensoriais e apreender todos os seus significados emotivos é verdadeiramente incrível. É graças ao contacto com a pele da mãe que se estabelece este laço único entre mãe e filho.

 

O bebé adora ser acariciado e abraçado

Não tenha receio de mimar demasiado o seu bebé: para o bebé os mimos são uma forma de proteção imprescindível.

 

A massagem infantil para comunicar com o bebé

A massagem infantil é uma experiência útil e estimulante, também algo emocionante, para comunicar com o bebé e favorecer a experimentação do mundo exterior. É uma tradição antiga presente em muitas culturas em que é considerada a linguagem não-verbal mais acessível para o recém-nascido e também uma maneira de adivinhar antecipadamente as necessidades físicas e emotivas do bebé e estabelecer uma relação especial e indestrutível.