Suavidade para a pele do bebé

Vestir e despir um recém-nascido parece complicado; é tão pequenino que tem medo de magoá-lo...

file

Durante os primeiros dias de vida, vestir e despir um recém-nascido parece bastante complicado. Colocar um body no seu corpo tão frágil não parece nada simples e tem medo de magoá-lo. Mas não há qualquer problema, porque a roupa interior é fornecida com aberturas fáceis para a vestir e despir sem dificuldades; mesmo que o bebé não colabore, tem poucos fechos e simples. No entanto, a sua pele delicada exige um cuidado especial na escolha dos tecidos: o algodão deve ser sempre preferido porque é suave, natural e transpirável. Além disso, é higiénico e resistente. Durante a estação fria, o bebé fica bonito e quente num body de inverno, feito de lã e algodão; o algodão é que fica em contacto com a pele do bebé para que não haja risco de a lã poder incomodá-lo. Hoje em dia, o algodão orgânico proveniente da colheita orgânica junta-se ao algodão tradicional: não é tratado e mantém as qualidades originais do algodão inalteradas. É ideal para os primeiros dias de vida ou se o bebé tiver uma pele especialmente sensível. Na seleção da roupa interior também é importante ter em atenção a suavidade dos fechos e dos detalhes. Não nos podemos esquecer de que a pele dos recém-nascidos é facilmente irritável. Também é aconselhável remover todas as etiquetas que possam incomodar o bebé.