Dormir com barriga

À medida que o fim da gravidez se aproxima, várias são as mulheres que se queixam de perturbações do sono.

file

Dormir bem durante a gravidez é vital para o bem-estar de uma futura mãe, mas, geralmente, algumas das perturbações, como o estímulo de micção frequente, o bebé que se mexe cada vez mais, as alterações hormonais e, acima de tudo, as habituais dores de costas, afetam o sono. Durante os últimos três meses, mais de 75% das mulheres sofrem de perturbações do sono e têm de dormitar mesmo durante o dia.

 

Deste modo, é importante encontrar uma posição confortável para favorecer o descanso. De um ponto de vista científico, a posição recomendada para dormir é deitada de lado, de preferência para a esquerda, com os joelhos ligeiramente dobrados. Esta posição reduz o inchaço e a retenção de líquidos, evitando que o peso do feto faça pressão contra os órgãos internos e os vasos sanguíneos. A utilização de uma almofada especialmente concebida para suportar todo o corpo da grávida ajuda a evitar as dores de costas, favorecendo ao mesmo tempo a posição deitada de lado, o que aumenta a qualidade do sono. De facto, o suporte dos joelhos e tornozelos favorece o alinhamento correto com as ancas e ajuda a evitar dores e inflamações do nervo ciático, assegurando o máximo conforto.